Notícias
10 | Abril
Manchete do Dia 10/04/2018
Agronegócio fortalecido: sucesso em SC, Encadeamento Produtivo agora é nacional
Publicado em: 10/04/2018

Após uma história vitoriosa de sucesso, o programa “Encadeamento Produtivo Cooperativa Aurora Alimentos – Sebrae/SC: suínos, aves e leite” foi oficialmente nacionalizado neste ano. Com isso, a estratégia do SEBRAE será implementada também nos Estados do Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, o que oportunizará a capacitação de famílias que atuam em aproximadamente duas mil propriedades rurais nos próximos dois anos.

A iniciativa tem por objetivo contribuir com a melhoria dos índices de produtividade e competitividade, promovendo a inserção de pequenos negócios em cadeias de valor de grandes empresas por meio de relacionamentos cooperativos. Os ganhos de produtividade, qualidade, entre outros foram aspectos que motivaram a expansão para o PR, RS e MS. “A expectativa é muito grande com a nacionalização deste projeto no qual a propriedade rural é vista como uma empresa, levando aos empresários, técnicas de gestão, inteligência em negócios, trabalho em rede, tendo em vista a melhoria do desempenho em toda a cadeia”, destaca Renato Perlingeiro Salles Junior, coordenador do Programa Nacional de Encadeamento Produtivo do Sebrae Nacional.

O “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos – Sebrae: suínos, aves e leite” é desenvolvido em Santa Catarina com as parcerias do Senar/SC, Sescoop/SC, Sicoob, Fundação Aury Luiz Bodanese, Cooperalfa, Itaipu, Auriverde, Coolacer, Copérdia, Caslo, Cooper A1, Coopervil e Coopercampos. No Rio Grande do Sul, já conta com a parceria da Alfa, A1 e Copérdia, e os parceiros do SICREDI/RS. No Paraná, podem participar as cooperativas Alfa, Copérdia, Camisc, Cocari, e no Mato Groso da Sul, Coasgo e Alfa. No RS e MS, o programa também ocorrerá por meio das parcerias dos Estados e sob a coordenação das unidades Federativas do Sistema Sebrae, no escopo de atendimento individualizado.

A gestora local do projeto no Oeste catarinense e analista técnica do Sebrae/SC, Joselita Tedesco, explica que as soluções do Sistema Sebrae que fazem parte do Encadeamento Produtivo contemplam os programas No Campo Fase I – De Olho na Qualidade, No campo Fase II – Gestão da Qualidade, Times da Excelência, Sustentabilidade Aplicada a Empresas Rurais e consultorias tecnológicas.

Os programas de qualidade são desenvolvidos há aproximadamente duas décadas. “A evolução ao longo deste período é expressiva. O planejamento, a melhoria da gestão, a implantação de novas tecnologias de produção e processos inovadores permitiram a elevação do grau de competitividade das cadeias de suínos, aves, leite e complementares. Isso acontece porque houve incorporação de boas práticas de gestão empresarial no campo e aplicação das tecnologias e desenvolvimento dos padrões necessários para atender as demandas de mercado”, observa o coordenador regional oeste do Sebrae/SC, Enio Albérto Parmeggiani. Segundo ele, a parceria com a Aurora Alimentos proporciona o acesso dos pequenos negócios aos mercados mais competitivos e demonstra oportunidades importantes, além de ser referência para o País.

O gerente adjunto da Unidade de Atendimento Agronegócios do Sebrae Nacional, Gustavo Reis Melo, realça que o Sebrae tem orgulho em estar junto com a Aurora Alimentos e demais parceiros no Encadeamento Produtivo – projeto que apresenta resultados exitosos. “A ideia é levar essa expertise para outros Estados de acordo com o segmento de cada cooperativa. Isso gerará ganhos na cadeia produtiva inteira, pois trabalha também o empreendedorismo no campo. Entre os resultados estão o fornecimento de produtos com maior qualidade para o consumidor final”.

O vice-presidente da Cooperativa Central Aurora Alimentos, Neivor Canton, também menciona a importante parceria do Sebrae que, conhecendo o sucesso das ações, transformou neste ano o programa em uma iniciativa nacional. Segundo ele, a expansão para os demais Estados é fundamental para elevar ainda mais a competitividade da cadeia produtiva do agronegócio, tornando-a excelência em todos os locais por onde o Encadeamento Produtivo passa.

Fonte: MB Comunicação

Sicredi apresenta crescimento nacional de 20%
Publicado em: 10/04/2018

O Sicredi – instituição financeira cooperativa com mais de 3,7 milhões de associados e atuação em 21 Estados brasileiros – anuncia os resultados financeiros auditados de 2017. No ano passado, a instituição registrou 20% de crescimento, alcançando o resultado líquido de R$ 2,35 bilhões. Os ativos totais apresentaram crescimento de 17,3%, na comparação com o ano anterior, chegando a R$ 77,3 bilhões.

Em patrimônio líquido, o Sicredi também conquistou resultado positivo, com aumento de 18,2%, totalizando R$ 12,8 bilhões. O Índice de Basileia Aglutinado (análise gerencial que compara o patrimônio de referência de todas as entidades do Sistema com os riscos de suas atividades) foi de 24,03%, em dezembro de 2017, o que representa confortável situação patrimonial.

Os depósitos totais cresceram 17,5%, com volume de R$ 50,4 bilhões. A poupança foi a categoria que apresentou o melhor desempenho, com aumento de 39,4%, alcançando R$ 9,59 bilhões de carteira. Na sequência, estão os “depósitos à vista”, com incremento de 23,9%, totalizando R$ 7,16 bilhões.

“O ano de 2017 foi um dos melhores da trajetória do Sicredi, pois continuamos contribuindo fortemente com os nossos associados e com o desenvolvimento local. Conquistamos um crescimento sólido em indicadores financeiros, mesmo com todas as adversidades do cenário econômico. Também cabe destacar o processo de transformação digital por meio do qual estamos realizando a substituição progressiva dos sistemas que processam os nossos produtos e serviços (core bancário) e o desenvolvimento da nossa plataforma digital Woop Sicredi”, afirma o presidente-executivo do Banco Cooperativo Sicredi, João Tavares.

A carteira de crédito totalizou R$ 43,9 bilhões no final de dezembro de 2017, aumento de 21,1% na comparação com o mesmo período no ano anterior. Desse total, R$ 25,2 bilhões foram destinados para o crédito geral, enquanto o crédito rural recebeu R$ 18,7 bilhões. A taxa de inadimplência fechou 2017 com 1,74%, apresentando decréscimo de 0,64 pontos percentuais na comparação com dezembro de 2016.

As receitas de serviços somaram R$ 1,56 bilhão, aumento de 21,0% nos últimos 12 meses, com destaque para as receitas originárias de tarifas e serviços bancários (R$ 619,4 milhões), seguros (R$ 263,7 milhões), cartões (R$ 219,8 milhões), cobranças (R$ 212,0 milhões) e consórcios (R$ 141,0 milhões).

Também no ano passado, o Sicredi – pioneiro em cooperativismo de crédito no País e modelo de governança no segmento – atingiu a marca de 1.575 agências, em 21 Estados brasileiros, com um portfólio que oferece mais de 300 soluções financeiras para os associados. A instituição financeira cooperativa conta com 22,8 mil colaboradores em 1.212 cidades. Em 199 municípios, o Sicredi é a única instituição financeira presente.

Conheça o Sicredi

Nacional – O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, que exercem o papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi possui 117 cooperativas em 21 Estados, possui 1.575 agências e gera 22,8 mil empregos diretos em 1.212 municípios no País. Em 199 municípios brasileiros, o Sicredi é a única instituição financeira presente.

Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Central Sicredi Sul/Sudeste (Consolidado RS e SC) – Reúne 42 cooperativas e 673 pontos de atendimento: 585 no RS e 106 em SC atingiu os R$ 39,64 bilhões em Ativos Adm, registrando crescimento de 17,2%. Atualmente, somos 1.770.837 associados, tendo aumentado 3,4%. O Patrimônio Líquido ficou acima dos R$ 5,92 bilhões, com uma evolução de 18,1% sobre o ano passado. Os Depósitos Totais cresceram 15,9%, somando mais de R$ 22,28 bilhões. A Carteira de Poupança soma, até o momento, mais R$ 5,17 bilhões, avançando 38,6% no período. E as Operações de Crédito Totais registraram 18,2% de crescimento, somando mais de R$ 19,06 bilhões. Cobertura de 91,36% dos municípios do RS, sendo que em 100 municípios o Sicredi é a única instituição financeira presente. Em SC, tem cobertura em 27% do Estado, tendo 3% da população catarinenses associada e 13% das empresas.

Fonte: Central Sicredi Sul Sudeste – Porto Alegre (RS)

Programa Cidadania Rural em Concórdia e Piratuba
Publicado em: 10/04/2018

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), promove nesta terça-feira (10) e quarta-feira (11) o programa Cidadania Rural nos municípios de Piratuba e Concórdia, respectivamente. A iniciativa tem como objetivo disseminar a legislação tributária e previdenciária no meio rural abordando, principalmente, a aplicabilidade do Cadastro do Produtor Primário – Bloco de Notas do Produtor.

Em Piratuba, na terça-feira, o evento ocorrerá das 13h às 17h30, no Centro de Eventos do município. Já em Concórdia será promovido na quarta-feira, na Casa da Cultura, no mesmo horário. O programa será coordenado pelo técnico em atividades de arrecadação do Senar/SC, Emerson Gava. “A intenção é levar para o público participante conhecimentos referentes aos direitos que possuem ao cumprirem com as obrigações perante as legislações”, explica.

Contribuir para a melhoria da condição de vida, saúde e integridade física do trabalhador rural também faz parte dos objetivos do programa. Em ambos os municípios o evento contará com o apoio do Sindicato Rural de Concórdia.

O superintendente do SENAR/SC Gilmar Antônio Zanluchi observa que a entidade, juntamente com demais parceiros, tem como desafio orientar o público-alvo quanto à aplicação correta da legislação previdenciária rural e da legislação tributária. “Esperamos colaborar com o restabelecimento da cidadania e da dignidade daqueles que com seu trabalho, fortalecem o setor rural brasileiro”, complementa.

De acordo com o presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC José Zeferino Pedrozo o papel de arrecadar encontra-se intimamente relacionado ao de orientar. “É nesse sentido que as entidades, disponibilizam aos seus contribuintes o conhecimento dos dispositivos legais, procurando atenuar as dificuldades com que se deparam no cumprimento de suas obrigações, como também conhecer os seus direitos para melhor usufruí-los”, finaliza.

Programação

A abertura do evento está prevista para as 13h. Na sequência, um representante da Secretaria de Estado da Fazenda abordará a temática “Nota Fiscal do Produtor Rural”. Às 15 horas, o SENAR/SC expõe a “Contribuição ao FUNRURAL e ao SENAR”. Na sequência, às 16 horas, “Benefícios previdenciários – área rural” será o tema explanado pelo Instituto Nacional de Seguro Social. O encerramento está previsto para as 17h30.

Fonte: MB Comunicação

Cooperativa de Forquilhinha vai investir R$ 5,3 milhões em 2018
Publicado em: 10/04/2018

A Cooperativa Pioneira de Eletrificação – COOPERA de Forquilhinha, |Sul do Estado, realizou sua Assembleia Geral Ordinária reunindo dezenas de associados e consumidores no auditório Alfredo Michels, Centro de Forquilhinha.

A Assembleia foi conduzida pelo presidente Walmir Rampinelli e destacou o crescimento dos últimos cinco anos e as projeções para 2018, onde estão previstos mais de R$ 5.300.000,00 em investimentos no sistema elétrico, com destaque para a ampliação e reforma de redes em toda a área de abrangência.

Os associados aprovaram as contas de 2017 e elegeram por aclamação o novo Conselho Fiscal que terá como membros Danilo Bortoluzzi Bratti, Vanderlei Alexandre, Idelci Francisco Rampinelli, Vânio Gava, Sérgio Miranda e Enor Castelan de Souza.

Na Ordem do Dia foram apresentados assuntos referentes ao exercício de 2017, como o relatório da gestão da diretoria; balanço patrimonial e de resultados; destinação de sobras e perdas e o plano de metas e investimentos para o exercício de 2018.

Na sequência foi realizada a Assembleia Geral Ordinária da COOPERA Geração e Desenvolvimento com aprovação das contas e investimentos para 2018. A cooperativa não divulgou o resultado do exercício nem o faturamento da entidade.

Fonte: Coopera

Grande público participa das assembleias do Sicoob Creditapiranga
Publicado em: 10/04/2018

Ocorreram no dia 05 de abril as Assembleias Extraordinária e Ordinária do Sicoob Creditapiranga. Mais de 1.100 associados participaram do evento que ocorreu no Complexo Oktoberfest em Itapiranga. A grande presença de associados nas Assembleias da cooperativa já se tornou uma marca registrada.

Na oportunidade, foram aprovadas por todos os cooperados presentes algumas alterações no estatuto social da cooperativa. Em virtude destes ajustes, foi necessária a realização de Assembleia Geral Extraordinária. Já na Assembleia Geral Ordinária, foi aprovada por unanimidade a prestação de contas do ano de 2017 e respectivo formato de distribuição das sobras, que será totalmente integralizado junto a cota capital de cada sócio, de acordo com as movimentações financeiras realizadas por cada um. Após a apresentação dos dados econômicos e financeiros, também foi eleito o novo conselho fiscal.

Os associados acompanharam atentamente o relatório das principais atividades realizadas no ano passado, bem como o resumo das principais ações projetadas para o ano de 2018. Segundo o presidente do Sicoob Creditapiranga, José Adalberto Michels, a participação do associado sempre surpreende, pela quantidade e também pela qualidade. Todos acompanharam atentamente as apresentações e puderam conhecer, com transparência, os principais números da cooperativa.

Fonte: Assessoria de Comunicação e Marketing do Sicoob Creditapiranga

Fonte: Assessoria Interna
Mais notícias
Cooperativa Agropecuaria Videirense

Avenida Dom Pedro II, 789
Caixa postal 127 - Videira Santa Catarina
Cep: 89560-000